24 de nov de 2006

Paris... não dá para ser a mesma depois de passar por ela.

Saímos da Índia rumo ao Brasil!!! E para minha “tristeza”... hehehehe... tive que fazer uma escala em Paris de 18 horas de espera! Pois é... ficar 18 horas dentro de um aeroporto em Paris, não dá, né? Minha mãe nunca tinha ido a Paris, mesmo estando nós duas muito cansadas, encaramos o frio de menos de 10º C e fomos perambular pelas ruas parisienses!! Hehehe, Chato isso, né??

Fora as dificuldades que tivemos por conta do frio, conseguimos visitar a catedral de Notre-Dame e ir ao topo da Torre Eiffel. Minha mãe ficou impressionada com a beleza de Paris lá de cima. É realmente uma cidade encantadora e muito charmosa.

Depois da catedral e da torre, chegamos a ficar na dúvida se íamos para um hotel descansar, mas a vontade da minha mãe conhecer a avenida mais famosa de Paris foi maior. Então pegamos um metro e paramos na estação que dava de frente para o Arco do Triunfo.

O mais impressionante de tudo em Paris e especialmente na "Champs Elysees" é a beleza estonteante dos parisienses. É uma passarela ao céu aberto!! essa é a frase perfeita para descrever o que é "Champs Elysees". Para quem não sabe, essa avenida é conhecida como a avenida da liberdade e nos dias de hoje é nela que são feitos os desfiles patrióticos, como o de comemoração do armistício da Primeira Guerra Mundial. A Avenida começa no Museu do Louvre e termina no Arco do Triunfo e ao longo do trecho final da avenida pode ser apreciado as principais grifes do mundo.

O cansaço era demasiado e não deu para percorrer os seus 2 quilômetros de comprimento, mas deu para admirar o trecho mais movimentado!! hehehe

Num dos momentos de muito cansaço, sentamos num dos bancos que tem na calçada e nesse momento pude observar com calma o charme dos franceses. Homens e mulheres passeando pela calçada trajando roupas ousadas, discretas, coloridas, mas todas um luxo! Cada homem lindo, e os que eram feios eram charmosos!! Eu olhava para a minha mãe e ficava de boca aberta a cada homem elegante que passava por nós. Não dava nem para disfarçar o meu espanto. E as mulheres?? Como são charmosas e lindas! Várias delas usando cada casaco de pele que eu ficava impressionada!!

Visitamos a Loja da Disney. Quando eu e o Eduardo fomos a Paris da 1ª vez, vimos essa loja e voltamos a ser criança quando entramos nessa loja. É perigoso demais entrar nessa loja, pois o risco de estourar o cartão de crédito é enorme!! Hehehe. Controlada do jeito que eu sou, comprei uns bichinhos para a Giulia e deixei nas mãos do Marido voltar lá e ele estourar o cartão!! hehehe

Visitamos todos esses lugares por meio de trem e metro e é impressionante esse sistema de transporte e o seu funcionamento. Visitar Paris fica até fácil e tranqüilo. Quem pretende ir a Paris, eu sugiro visitar esse site da RATP – Transportes, pois tem como programar todo o itinerário por meio dele. Muito bom!!

É...... não dá para ser a mesma depois de passar por Paris...

4 comentários:

Anônimo disse...

Poxa prima se soubesse que ia passar por lá tinha dado o nº do tel do meu namorado, ele não é bonito nem elegante, mas é muito companheiro e amigo e tb não é de se jogar fora, pra mim claro, não para pessoas da sua idade. Pretendo ir lá no início do ano, pois eu ia em julho, mas infelizmente não deu devido a morte do meu pai e problemas pessoais que ele teve. Vamos ver se agora vai dar tudo certo. Espero viver esses momentos "magicos" que vc viveu e espero não pegar nenhuma manifestação por lá já que é uma coisa de louco. Bjos

Anônimo disse...

Paris realmente deve ser linda, mas Paris não é privilégio da França. No Rio de Janeiro temos nossa Paris, quer dizer Avenida Paris.
Também não dá pra ser o mesmo depois de visitar esta avenida: normalmente se é assaltado kkkkk
Primo Ciel
(você pediu um comentário, aí está)

Anônimo disse...

Bem amiga, so posso te dizer uma coisa com toda franqueza, depois de sair da India (Delhi e especialmente Gurgaon) qualquer lugar, sempre sera uma parada MARAVILHOSA!!! Agora com certeza,fazer uma escala em Paris e realmente estonteante...Espero que tenha dado tempo tb de voce ter levado a sua maezona pra tomar um cafe e comer um croissant...E quase tudo de bom...Mas fico feliz dela ter gostado, pois na vida sao estes momentos que valem!!!Voce, sua filha e sua mae, em Paris e indo pro nosso querido Brasil...Com certeza nao tem dinheiro no mundo que pague estes momentos de felicidade, para todas as outras existe Mastercard...hahahaha!!! Beijos,

Anônimo disse...

Não mesmo pra ser a mesma. Eu já fui umas três vezes, a última em março desse ano, levei até minha filha dessa vez. É muito bom. Pra mim o único "defeito" de Paris são as manifestações e eu todas as vezes que fui me deparrei com elas é muito chato vc ter ficar no hotel, ou então correr pra ficar num lugar seguro, e essa última foi dose, a manifestação dos trabalhadores pela mudança da lei trabalhista, passei por momentos delicados e com a minha filha e mais um monte de pessoas idosas da minha família, pois paramos em Paris uns dias depois de um casamento em Barcelona. Mas, tirando isso é muito bom...
Bjs,
Priscilla Santos